"Graviola" - Andro Baudelaire

Que raios de música e artista é esse? Depois de três discos lançados sob o nome de “Andro Baudelaire” (“Sampleando Tchaikovsky”, 2016, “Egrégora”, 2017, “Amarelo Guitarrada”, 2018), chega agora “Graviola”, 2019, que vem com a mistura guitarrada pop brazuca, que faz com o que antes parecia um mero flerte, agora ser uma marola muito bem surfada do artista. Desconstruindo o brega, a lambada e a guitarrada, toda a comicidade genuína de Andro vem à tona com a força de sua personalidade. Andro utiliza os moldes da guitarra paraense para aplicar seu próprio jeito de fazer música e de tocar guitarra.